sábado, 1 de fevereiro de 2014

Jovens que formam a rede de irmãos




Por Isabela Gaspar 

Conectados nas ações paroquiais e pastorais, os jovens da Paróquia São Paulo Apóstolo de Agudos se reúnem em grupos e tornam-se os principais protagonistas da sua história

Eles são a chamada “Juventude do Papa”, estão engajados nas ações paroquiais e pastorais, querem ter voz ativa e ajudar no que for preciso. Estamos falando dos jovens, personagens principais das atividades realizadas no ano passado e impulso para as novas atividades da Igreja Católica daqui para frente.

Motivos que não são diferentes na Paróquia São Paulo Apóstolo de Agudos, que reúne seus jovens em grupos e formam uma verdadeira rede. “Nossos jovens estão envolvidos em diversas pastorais, como a litúrgica, comunicação, catequese e alguns ainda assumem cargos de liderança”, comenta o pároco Frei Ademir Sanquetti.

Liderança e vontade de trabalhar para que a “Rede de Irmãos” cresça cada vez mais, está presente na vida de Cristiane Correia da Silva há 10 anos. Cris, como é carinhosamente chamada, conta que antes de ingressar no Grupo de Jovens Mensageiros da Divina Misericórdia (MDM), sempre ia na “onda” das outras pessoas, deixando de fazer suas próprias escolhas. “Eu queria ter amigos de verdade, que me aceitassem como eu era, me amassem,  e estivessem ao meu lado nos bons e nos maus momentos. Então, me decidi e comecei a participar do grupo e percebi que ali era o meu lugar. Conheci pessoas maravilhosas que me ensinaram muito, me acolheram e estão até hoje ao meu lado. Conheci o Deus que me ama, que faz tudo para me ver feliz”, conta.

Hoje, depois de muitos aprendizados, Cris é coordenadora do MDM. Feliz com as atividades e as responsabilidades, a jovem tem em Deus a sua fortaleza e refúgio. “Os desafios na coordenação são muitos, pois preciso dar o exemplo e ser referência para muitos jovens. Além de ser comprometida com o grupo, a Igreja e tudo o que Deus me pede”, enumera.

Responsabilidades que contribuem para o crescimento pessoal e espiritual de todos os jovens que optam por seguir esse caminho dentro da Igreja. “A maior contribuição é a maturidade, pois, quando estamos em comunidade é preciso saber se relacionar com os outros, entender, compreender, aceitar opiniões diferentes, trabalhar em equipe, ter paciência, e tudo isso é aprendizado para a vida dentro e fora da Igreja. A contribuição espiritual é maior ainda! É mais fácil seguir Jesus ao lado de amigos, ter quem nos apóia nos levanta e nos ensina”, diz Cristiane.

Você pode!

Na Paróquia São Paulo Apóstolo existem três grupos de jovens. Mensageiros da Divina Misericórdia (Matriz), Unidos pela Fé (Nossa Senhora Aparecida) e Juventude Franciscana, o mini JUFRA.
Os grupos são abertos para todos os jovens que queiram conhecer e participar. As informações podem ser obtidas na secretaria paroquial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário