quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Mensagem do Pároco - dezembro de 2014



Celebrar o Natal é festejar Jesus, converter o coração, reavivar a fé, partilhar a vida e doar-se por amor!

E a Palavra se fez carne e veio morar entre nós” (Jo 1,14)

Aproximando-se a festa do nascimento de Jesus Cristo eu, Frei Ademir Sanquetti, me dirijo a nosso povo para desejar que as bênçãos de Deus sejam derramadas abundantemente no coração de todos. A celebração do nascimento de Jesus fortalece a fé em Deus que vem até nós e que nos oferece a possibilidade do encontro com seu Filho. Ele é o caminho para que em nossas famílias, nas comunidades e na sociedade vivamos o amor, a reconciliação e a paz.

O Natal lança luzes e questionamentos sobre o nosso modo de ser e de viver o Evangelho em meio às realidades que interpelam a nossa consciência e prática cristãs.  Jesus Cristo, que assumiu a humanidade com suas fragilidades, limites e pecados e a redimiu, nos convida a seguir os seus passos. 

Celebremos o Natal com gestos de partilha, proclamando a presença de Jesus Salvador, reconhecendo e afirmando o valor da dignidade da pessoa, participando da vida da comunidade e comprometendo-nos com a construção de uma sociedade pacífica e sem exclusões. Desse modo, estaremos respondendo melhor ao amor de Deus presente no Verbo que se fez carne e habita entre nós, fortalecendo nossas esperanças para o Ano Novo.

Minha palavra ao Senhor é ...

Que neste Natal, eu possa lembrar dos que vivem em guerra e fazer por eles uma prece de paz: Senhor Fazei-me instrumento de vossa Paz!

Que eu possa lembrar dos que odeiam e fazer por eles uma prece de amor: Senhor,
Onde houver Ódio, que eu leve o Amor.

Que eu possa perdoar a todos que me magoaram e fazer por eles uma prece de perdão: Senhor,
Onde houver Ofensa, que eu leve o perdão.

Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor, e faça por ele uma prece de fé:  Senhor, Onde houver discórdia, que eu leve a união e Onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade.

Que eu lembre dos desesperados e faça por eles uma prece de esperança:  Senhor, Onde houver desespero, que eu leve a esperança.

Que eu esqueça as tristezas do ano que termina e faça uma prece de alegria:
Senhor, Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.

E te agradecer Senhor...

Pela saúde, quando tantos sofrem neste momento. Pelo alimento, quando tantos passam o ano com fome. Pelo lar, quando tantos dormem nas ruas. Pela felicidade, quando tantos choram na solidão. Senhor ,
Onde houver trevas, que eu leve a luz!

Ó Mestre, fazei que eu procure mais: consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido

amar, que ser amado.   

Pois é dando que se recebe, perdoando que se é perdoado,e é morrendo que se vive para a  vida eterna!
 
Amém..

Feliz Natal! Feliz 2015!

Abraços a todos,
Frei Ademir Sanquetti
Pároco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário