domingo, 26 de julho de 2015

Agudos celebra São Cristóvão

Por Isabela Gaspar 

Missa tradicional na cidade foi realizada na manhã deste domingo (26); Celebração comemorou também os 117 anos da cidade de Agudos, que serão completados nesta segunda-feira (27)

A Paróquia São Paulo Apóstolo de Agudos realizou na manhã deste domingo (26) a tradicional Missa de São Cristóvão no Cruzeiro da Vila Honorina. A celebração, presidida pelo pároco Frei Ademir Sanquetti e concelebrada por Frei Paulo Cezar Magalhães Borges do Seminário Santo Antônio, contou também com a comemoração dos 117 anos da cidade de Agudos, que serão completados nesta segunda-feira (27).  Neste ano, mais de 1400 pessoas participaram da festa.

Durante a Missa, Frei Ademir fez questão de colocar São Cristóvão como modelo para todos os motoristas, contando a história do santo. “São Cristóvão serve como exemplo de amor e fé para nossa caminhada”, completou.

Ainda, durante suas palavras, parabenizou a cidade de Agudos pelos 117 anos, deixando uma mensagem de paz e unidade. “Celebremos o aniversário do nosso município com fé, ânimo, saúde, paz. Ajudemo-nos uns aos outros, pois é disso que precisamos”, disse.

A celebração terminou com a benção de Nossa Senhora Aparecida pelo Dia dos Avós, também celebrado neste domingo. Após, os presentes seguiram em carreata e cavalgada até a Paróquia São Paulo Apóstolo de Agudos para bênção. No total, foram abençoados mais de 700 meios de transporte, entre caminhões, carros, motos, bicicletas, ônibus, vans e cavalos.

Quem foi São Cristóvão?

Ao longo de sua vida, São Cristóvão converteu ao cristianismo milhares de pessoas e nos dias atuais é reconhecido como o padroeiro dos viajantes e motoristas, tendo em vista que usou o seu próprio corpo como meio de transporte para as pessoas.

Após converter-se e batizar-se ele decidiu praticar um ato de caridade ajudando as pessoas a atravessarem um rio perigoso. Certo dia, depois de ajudar um menino na travessia, disse-lhe: “Menino, pesas tanto como se eu tivesse o mundo sobre os meus ombros”. “Bom homem, respondeu-lhe o menino, não te espantes, pois não só carregaste o mundo inteiro como também o dono do mundo. Eu sou Jesus Cristo, o Rei que estás a servir neste mundo, e, para que saibas que digo a verdade, põe teu cajado no chão junto à tua casa e amanhã verás que ele estará coberto de flores e de frutos”. E assim se cumpriu.

Vale ressaltar que o nome “Cristóvão”, vindo do grego, quer dizer “aquele que carrega Cristo” e é também um convite para que nós “carreguemos” Cristo em nosso coração e em nossas vidas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário